18ª Primavera Literária do Rio de Janeiro

A partir da amanhã, 18 de outubro, o Museu da República, no Catete, recebe mais uma edição Primavera Literária. O evento é promovido pela Liga Brasileira de Editoras (Libre) e vai contar com cerca de 100 editoras participantes e mais de 20 atrações voltadas ao público infantil.

Na programação dedicada às crianças vai rolar música, boxe, dança e ilustração. Para as famílias a dica são os bate-papos com temas como comunicação não violenta e representação negra na literatura infantil.


FOTO: Divulgação

PROGRAMAÇÃO ESPAÇO INFANTIL 


QUINTA-FEIRA 18/10

11h – Contação de histórias do livro Um pra cada lado e oficina de criatividade 
Luciana Rigueira e Elizabeth Teixeira

14h – Oficina Como nascem as histórias 
Helena Lima
Apresentação sobre processo criativo: como nascem as histórias e em que consiste o trabalho de uma editora. Programação complementada com contação de histórias.

15h – Conversa sobre o livro Peixe de abril 
Simone Mota


SEXTA-FEIRA 19/10

10h – Desafios da mediação da leitura literária hoje 
Cíntia Barreto 
Uma apresentação da formação em Literatura Infantil e Juvenio dos profissionais do livro no contexto atual e do impacto no mercado editorial no processo de formação de leitores.

11h – Palestra Oralidade e contos africanos : Histórias de Ouvir da África Fabulosa
Carlos Alberto de Carvalho e Fabio Maciel
Em algum lugar da África, crianças ouvem fabulações, nas quais, humanos, animais e seres fantásticos fazem parte da narrativa.

14h – Oficina de ilustrações do livro Histórias de ouvir da África fabulosa 
Fabio Maciel
Trabalho sobre as ilustrações do livro Histórias de ouvir da África fabulosa

15h – Contação de histórias do livro Como tudo começou – A primeira aventura da Turma do Planeta
Silvana Gontijo
A autora encanta as crianças ao apresentar seu livro Como tudo começou – A primeira aventura da Turma do Planeta de forma muito interativa consegue a participação de todos ao contar sobre a aventura do livro.

18h – Bate Papo sobre o Livro “Bordados”
Projeto MANOS QUE CUENTAN. Peru- Brasil 
Rosana Reategui.
A narradora peruana, Rosana Reategui, integrante do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias apresentará seu projeto de livros bordados junto com artesãs arpilleras: Manos que Cuentan. Livros de pano que contam histórias e lendas bordadas assim como falará das origens do bordado da arpillera, registros têxteis de diversas realidades latinoamericanas.


SÁBADO 20/10

10h – Belé Salsicha
Contação de Histórias + Autógrafos
Autora Ana Sampaio
Ilustração Heitor Corrêa 
Belé é um cachorrinho com rodinhas no lugar das patas traseiras e nem se importa com isso. Ele é muito especial por ser um grande caçador de formigas e destruidor de chinelos. Aprenda com Belé como ser feliz e um arteiro tão amado.

11h – É conversando que a gente se entende
Julia Luz
Bate papo sobre comunicação não violenta com a autora do livro “É conversando que a gente se entende”, Editora Outras Letras.

14h – Contação de histórias e sessão de autógrafos 
Os 2 porquinhos e meio 
Marta Lagarta 
Ah, as diferenças! Elas podem se unir de maneiras tão mágicas. Será que um dia as pessoas perceberão isso? Neste texto delicioso, de poesia, sabores e imagens, Leo Cunha e Marta Lagarta contam uma divertida história sobre as desavenças entre dois vizinhos. Mas se a Dona Edy e o Seu Elias não se toleram, não podemos dizer o mesmo de seus porquinhos de estimação: Kid e Lik.

16h – Representação negra na literatura infantil
Cássia Valle
Luciana Palmeira, Kenia Maria e Simone Motta
Mediação: Ernesto Xavier
Representação negra da literatura infantil. Bate-papo com autoras de livros infantis com personagens negros.

17h – Biodanza para crianças + Lançamento do livro Biodanza – um caminho para o mundo biocêntrico
Beatriz Câmara e Julia Rodrigues
Semente Editorial
Oficina que propõe uma prática através da dança e da música – conduzida por facilitadoras da metodologia Biodanza fundada por Rolando. Tem por objetivo fundamental valorizar e reforçar as qualidades mais belas do ser humano, que poderiam se expressar naturalmente na infância se o meio o permitisse.

18h – Conversa sobre o livro Tempo de brincar
Marília Pirillo
Brincar é aprendizado, é experimentação, é descoberta. Brincar é jogar, ganhar, perder, recomeçar, fazer de conta, fantasiar, se encantar! Desenhar, ler, escrever e contar histórias também podem ser uma deliciosa brincadeira. 


DOMINGO 21/10

10h – Aulão de Boxe Infantil 
Professor Peppe
(a partir de 12 anos)

ATENÇÃO: 
Esta atividade exige inscrição prévia. É só chegar meia hora antes e procurar a produção da #PrimaveraLiterária no Espaço Infantil.

11hContação de histórias do livro Um marido para Dona Baratinha
Autora Dircéa Damasceno
Dona Baratinha era vaidosa e caprichosa. No dia em que encontra uma moeda, se sente rica e sai em busca do noivo perfeito. Entre tantas qualidades e defeitos, será que ela vai encontrar seu par?

14h – Primavera convida Clube de Leitura Quindim
Slam de ilustração
Os participantes são desafiados, por meio de uma temática surpresa a criarem uma narrativa visual. Um ilustrador intervém no desenho do outro mudando o traço e o pensamento, criando uma história coletiva com diferentes olhares.

15h – Cantação de Histórias 
Ana Clara das Vestes e Trio e
Lançamento do Livro Dois dinossauros e uma duna imensa
Ana Clara Vestes 
Ilustração Camilo Martins 
Semente Editorial
A magia escorrega mansamente no cenário quase lunar do sono. Embalados pelas histórias contadas pela mãe de Adnan, ele e os dinossaurinhos veem-se diante de uma montanha gigante, uma estrada a ser caminhada e vencida a cada noite.

16h – Papo Com Zero: uma campanha de diálogo inspirada no conto ‘A fuga do zero’ e Oficina de contação de histórias e brincadeiras com as Boconas. 
Ana Luiza Novis 
A partir do projeto #PapoComZero, a psicóloga e terapeuta Ana Luiza Novis trabalha a comunicação e o diálogo.

17h – Conversa sobre o livro A Princesa Maravilha ou de como uma ervilha incômoda Provocou um final feliz. 
Cristina Villaça 
Editora Kimera
“Escrevi esta história em formato de cordel para homenagear Sylvia Orthof, mestra imaginária de minhas viagens literárias. Escolhi a redondilha maior porque quis seguir sua intenção de perpetuar a forma tradicional dos cantadores do nordeste e todo um manancial cultural que não pode ser esquecido. A minha Princesa Maravilha é parente de Ervilina, ambas descendentes da Princesa do conto de Andersen. Mas, como a Ervilina de Sylvia, ela é protagonista de sua história, é ela quem decide seu destino. Maravilha chega nessas páginas para ressaltar minha crença na educação e nos estudos avançados.

18h – Bate-papo Não Somos Anjinhos com Gusti Rosemffet 
Apresentação do livro Não Somos Anjinhos, seus processo de criação, tradução, edição. O livro, originalmente publicado pela editora Oceanos – Mexico/ Barcelona, acabou de ser selecionado para a prestigiosa lista WHITE RAVENS, da Biblioteca Internacional da Juventude, de Munique. Roda de conversa com Gusti, autor que vem de Barcelona lançar seu recente livro “Não Somos Anjinhos”, sobre suas motivações e processo de criação desse livro ilustrado, inspirado pela vida cotidiana em família, no convívio com seu filho que tem síndrome de Down.


Confira a programação completa: http://libre.org.br/programacao-primavera-literaria-rio-2018.


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

De 18 a 21 de outubro de 2018 | das 10h às 20h
Museu Da República
Rua Do Catete, N° 53 – Catete – Rio de Janeiro
Entrada gratuita


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Get Adobe Flash player