fbpx

Mais do que avó!

blogagem coletiva_avos

É a primeira vez que participo de uma blogagem coletiva. E dizem que a primeira vez a gente nunca esquece. O tema de hoje é avó. Aí fiquei pensando, para escrever sobre o tema só se for sobre a minha mãe como avó do meu filhote já que não conheci nenhuma das minha avós. As famílias dos meus pais eram enormes e eles foram os filhos mais novos. E como alguns ainda devem lembrar, há pouco tempo atrás uma pessoa de 40 anos já era uma senhora e a expectativa de vida era menor. Morria-se mais cedo e tinha-se mais filhos. Conclusão, sou órfã de vó. Ou seria, se a vida não tivesse me presenteado com uma pessoa tão especial.

Sim, eu tenho uma avó. E daquelas como a das histórias infantis: cabelo preso no coque, fofinha – sempre olhava pra ela e me lembrava da fadinha primavera da Bela Adormecida – calma, que adorava fazer aquelas delícias na cozinha, que tinha a casa onde passávamos as férias e onde a família se reunia todo Natal, e ainda por cima tem nome de flor. Rosa é seu nome.

Irmã mais velha da minha mãe, a caçula, numa familia de 10 filhos, era ela quem cuidava da pequena. Depois, quando minha avó faleceu, passou a cuidar do meu avô até a sua morte. Dedicou sua vida a isso. Solteira, virou o ponto de união da famíllia. Sempre serena e carinhosa com os sobrinhos. Quando nasci, para a minha sorte, foi escolhida para ser minha madrinha! Desde aquele dia até hoje, essa pessoinha faz parte da minha vida. Passava períodos na nossa casa. Eu adorava treinar com ela a letra do Hino Nacional que tinha na última capa dos cadernos – será que alguém ainda se lembra disso?- , ouvir as histórias de quando ela era criança e arteira e depois quando se tornou professora e foi morar longe de casa, no interior.

Hoje ela mora com a gente. Não faz mais os doces deliciosos ou os pães que aprendeu a fazer na padaria do pai, que cheiravam no forno e eram devorados ainda quentes assim que ficavam prontos. Mas ainda se lembra e conta histórias da época e se diverte com as estripulias do meu filhote.

Depois de tantos anos perfumando a vida dos outros, é a vez dessa avozinha receber o nosso carinho mais que merecido!

Quem não adora bugigangas?

Na sexta passada meu filho trouxe um livrinho da escola. É o novo projeto que eles estão adotando. Eu vi essa idéia navegando pelos blogs da vida (Até deixei comentário mas não me lembro qual de jeito nenhum!), adorei, e sugeri na agenda. Que bom que colocaram em prática!

Aqui em casa já faço isso com ele desde que passamos a frequentar a biblioteca municipal aqui perto. Pegamos 2 livros quase toda semana. Mas achei bem bacana poder fazer isso através da escola, afinal, dá pra trabalhar o conteúdo com as crianças na rodinha, pedir que eles contem o que leram, essas coisas.

O mais engraçado foi a reação da professora quando eu fui buscá-lo na sexta. Veio me contar que eu ia adorar o livro porque o pequeno tinha escolhido um que era a minha cara! Não sei se isso é um elogio ou não, mas não é que ela acertou?

O eleito foi o ‘Bugigangas’! Um livro bem legal que eu já estava namorando desde que o filhote contou sobre ele há um tempo atrás, todo entusiasmado. Ele só não conseguia lembrar o nome das tais “coisas” que davam o nome do livro.

capa do livro

vaca

coelho

A história do livro em si, é muito simples e o objetivo é trabalhar os sentido de quantidade, o que meu pequeno já é craque. O que encanta mesmo às crianças, e os adultos também, são as ilustração feitas com a tais ‘bugigangas’ dando vida a novos objetos. Nessa época onde as crianças são bem ligadas ao assunto reciclagem, o livro mostra na prática o que elas vêem na teoria.

trem

casa

navio

Encontramos a prima no fim de semana e o livro fez sucesso! Tanto sucesso que à noite minha irmã mandou as fotos da brincadeira do domingo: BUGIGANGAS!

criação

Criadora

E vamos combinar: elas capricharam um bocado, não é?

——————————————————————

Bugigangas
Autor: Hye Eun Shin
Ilustrações: Hong Ju | Ken Ho Ko
Editora: Callis

Roteirinhos de fim de semana – de 17 a 19 de setembro

SEXTA

.

Mundo invisível: A história da microscopia e Micrographia: Admirável mundo novo Inaugura nesta sexta as novas exposições no Museu da Vida. Confira os detalhes no nosso post.

Museu da Vida – Sala de exposições e Foyer – Campus da FioCruz
Av. Brasil, 4365, Manguinhos – RJ
Tel.: (21) 2590-6747

.

– Cotidiano Imaginário – Começou nessa quinta no Galpão das Artes a exposição que conta com sete bonecos articulados expostos dentro dos cenários das peças para os quais foram criados. As peças foram escolhidas entre 23 confeccionados durante oficina realizada pela Cia. Articulação com alunos das escolas públicas de Petrópolis, região Serrana do Rio. A mostra fica aberta ao público até 30 de outubro. Entrada gratuita.

Galpão das Artes Urbanas Helio G. Pellegrino
Rua Padre Leonel Franca s/nº, na Gávea (em frente ao Planetário).
Tel: (21) 2249-2286
De segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

.

.

SÁBADO

.

– Clean Up The World – Neste sábado acontece o mutirão mundial de limpeza das praias e regiões costeiras. Várias praias do Rio e Niterói (Icaraí e Itacoatiara) estão incluídas nessa ação bacana pelo meio ambiente. Vai de 10h às 13h. Para saber mais dê uma olhada no post sobre o evento.

.

– Selvagem – Contação de História do livro de Roger Mello por Suzana Nascimento na Livraria da Travessa em Ipanema às 11h.

Livraria da Travessa – Ipanema – RJ
Rua Visconde de Pirajá, 572
Tel: (21) 3205-9002

.

– Os Sete Desafios e Confusões de um Garoto – Depois de lançar seus livros na Bienal de São Paulo em agosto desse ano, a autora Patricia Barboza participa de uma tarde de autógrafos na livraria Entretexto Kids das 15h às 17h. Os livros falam do cotidiano dos adolescentes e são indicado para a garotada a partir de 11 anos.

Entretexto Kids
Rua das Laranjeiras,363 – Loja B – Laranjeiras – RJ
Tel: (21) 3502-9440

.

– Pipas – Nesta atividade do ateliê infantil as crianças aprenderão sobre as diversas pipas e confeccionarão a sua própria de forma lúdica e simples. Rola no IMS às 17h com entrada gratuita e senhas distribuídas meia hora antes. Para os pequenos acima de 5 anos.

Instituto Moreira Salles Rio de Janeiro-RJ
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Tel.: 21 3284-7400

.

– Máscaras de histórias – O grupo Teatro & Companhia apresenta fábulas de Esopo que trazem os bichos, vilões das tramas, com máscaras teatrais na Hora da Criança da Saraiva no Botafogo Praia Shopping às 16h. Depois rola oficina de de confecção de máscaras teatrais. O evento é gratuito.

Saraiva MegaStore – Botafogo Praia Shopping – RJ
Praia de Botafogo, 400 – 4º piso
Tel: (21) 2237-9100

.

– O sapinho divertido A arte educadora Flavia Reis apresenta a história dos animais do jardim que estão escondidos nesse divertido livro. A contação rola na Hora da Criança da Saraiva Plaza Shopping às 16h. Depois tem oficina de desenho para a criançada. Grátis.

Saraiva Plaza Shopping – Niterói
Rua XV de Novembro, 08 – Centro
Tel: (21) 2717-6166

.

.

DOMINGO

.

Passeio Ciclístico Um Dia Sem Carro – O evento que tem como objetivo conscientizar e incentivar a população a diminuir a utilização dos automóveis, acontece nesse domingo com concentração às 8h no Aterro do Flamengo no Monumento aos Pracinhas indo até o Mourisco, antes do túnel que dá acesso ao Leme e retornando ao ponto de partida. O valor da inscrição é de R$ 5,00 dando direito a camisa do evento, garrafinha squeeze um número para participar do sorteio de 20 bicicletas Caloi 21 marchas e 20 livros Bicicleta a Cara do Rio. Confira aqui mais informações sobre o evento e postos de inscrições.

.

– Carvoeirinhos – A história do menino carvoeiro que é narrada por um inusitado narrador: um marimbondo. A contação do livro de Roger Mello por Suzana Nascimento rola na Livraria da Travessa do Shopping Leblon às 17h.

Livraria da Travessa – Shopping Leblon
Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A
Tel: (21) 3138-9600

.

A princesa de Bambuluá – A arte educadora Flavia Reis apresenta a história “A Princesa de Bambuluá”, um clássico de Câmara Cascudo na Hora da Criança da Saraiva no Botafogo Praia Shopping às 16h. Depois as crianças participam de uma oficina de desenho e massa de modelar. Grátis

Saraiva MegaStore – Botafogo Praia Shopping – RJ
Praia de Botafogo, 400 – 4º piso
Tel: (21) 2237-9100

O que os olhos não vêem, o microscópio revela!

O homem é um ser curioso por natureza. O conhecimento científico e as constantes descobertas nesse campo são frutos dessa inquietação. Não satisfeito em conhecer apenas o que via a sua volta, criou diversos instrumentos que o auxiliaram a transpor as barreiras físicas da observação a olho nu.

“Mundo invisível: A história da microscopia” e “Micrographia: Admirável mundo novo” são as duas novas exposições que o Museu da Vida – centro de ciência interativo da Fiocruz – inaugura hoje, dia 17 de setembro, tendo como tema um dos mais importantes instrumentos para o desenvolvimento da ciência: o microscópio.

Pulga

Pulga no pelo - Foto: Dirceu Esdras Teixeira / Marlene Benchimol

Mundo invisível conta a história do instrumento que se tornou um dos ícones da ciência do século 17 até os nossos dias com os avanços na microscopia e apresenta a réplica de um dos primeiros exemplares da história além de incríveis imagens ampliadas de pequenos insetos e micro-organismos.

Em Micrographia o microscópio é apresentado por Robert Hooke, cientista inglês com papel fundamental no desenvolvimento da microscopia. Na mostra são apresentadas as primeiras observações feitas, ilustradas e registradas por Hooke em seu livro Micrographia, de 1665.

A exposição fica em cartaz até 30 de novembro.

————————————————————————————

Museu da Vida – Sala de exposições e Foyer – Campus da FioCruz
Av. Brasil, 4365, Manguinhos – RJ
Tel.:2590-6747

Clean Up The World: agindo enquanto é tempo

Dizem que o ser humano se difere dos outros animais por sua inteligência. Acho que do jeito que as coisas andam já ficou mais do que provado que essa teoria é totalmente furada. O ser humano tem o péssimo hábito destruir para depois tentar remediar e o mais incrível, e lamentável, é que não aprende com próprios erros. Bem esperto, não?

Graças a essa forma de agir, vemos hoje uma corrida para tentar diminuir a destruição do meio ambiente e salvar o que nos resta.

Um ótimo exemplo dessa preocupação ambiental é o Clean Up The World, evento mundial promovido pelo Unep (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) em homenagem ao Dia da Limpeza de Praias e Ambientes Costeiros que acontece no sábado, 18 de setembro. O mutirão rola em diversas cidades do Brasil como Rio de Janeiro, Vitória, Florianóplolis, Curitiba, contando com a mobilização de voluntários recolhendo lixo das praias, rios, lagos e lagoas.

Limpeza das praias

O trabalho de coleta é feito em duplas (haverá distribuição de sacolas biodegradáveis e luvas) sendo que todo o material recolhido é anotado por um dos voluntários enquanto o outro se encarrega de coletar. Esses são dados importantes para a produção de um Relatório Final que será enviado à ONU com informações sobre o evento. O material recolhido é destinado à cooperativas e instituições de reciclagem.

Por aqui – Rio e Niterói – o Instituto Aqualung vai participar do movimento recolhendo o lixo em várias praias do Rio, Cabo Frio, Saquarema, Paquetá, entre outras. Mais informações no site. Para o pessoal de Niterói além de Itacoatiara, como aparece no cartaz, Icaraí também aderiu. Ótima notícia!

Ações como essas não resolvem o problema se continuarmos tendo as mesmas atitudes antiecológicas de sempre, mas ajudam a alertar sobre as agressões ao meio ambiente e conscientizar a população quanto a importância da gestão do lixo que produzimos.

E vocês devem estar pensando: O que isso tem a ver com roteiros infantis? Pois acredito que esse seja um ótimo programa pra levar a criançada! Educação ambiental ao vivo e a cores! E como bato sempre na mesma tecla de que o exemplo e a prática são os melhores métodos de ensino, nada pode causar mais efeito para a criançada do que participar, vendo os danos que o lixo do excesso de consumo pode causar. Além de mostrar a importância de envolvimento e participação nas questões ambientais, cada um fazendo a sua parte. Isso é cidadania.

Garanto que só temos a ganhar. Imagina como o argumento de não jogar lixo pelo chão – aquele papel de bala, caixinha de suco e outras coisinhas mais – ou não comprar aquele milionésimo brinquedo só porque anunciou na tv vai ganhar muito mais peso quando você precisar usá-lo! 😉

—————————————————————————————————————————–

Para quem se interessar em saber mais sobre o evento mundial dê um pulo no site Clean Up The World.

—————————–
Clean Up The World
18 de setembro
10h às 13h

No bondinho de Santa Teresa

Passeio de sábado: conferir o evento Arte de Portas Abertas em Santa Teresa. Eu fui há uma das primeiras edições, acredito, há muito tempo atrás e adorei. O clima de Santa é uma delícia, e com o evento rolando, além de ver muita coisa bacana, a descontração é ainda maior. Mas para ser bem sincera, acho que foi uma desculpa para darmos um passeio no famoso bondinho e almoçarmos por lá. Há algum tempo estávamos planejando levar o filhote para conhecer – eu também só tinha ido para lá de carro – pois sabíamos que para ele seria uma aventura.

Deixamos o carro num estacionamento, fomos para a Estação dos Bondes e embarcamos com tranquilidade – tinha uma fila mas não demorou muito. Foi o tempo de tirarmos fotos.

Bondinho

Embarque

Contador antigo

Itinerário

Partida

Além da passagem ser bem barata, pudemos curtir o visual do caminho.

O trajeto começa no centro da cidade, passando sobre os Arcos da Lapa – imagem mais do que retratada e que todo carioca já viu milhares de vezes, e os turistas também, mas que não cansamos de admirar – chegando às ladeiras do bairro. Pena ser tão rapidinho.

Do bondinho

Do bondinho

Casarões

Casarões

Águias

Nossa parada foi no Largo dos Guimarães, onde acontece boa parte do burburinho.

Bem, sobre o evento não tenho muito o que falar. Não vi muita coisa dos ateliês pois acho que eu era a única realmente interessada nessa parte do passeio. Entramos em algumas lojas – com coisas lindas mas com preço pra turista – vimos alguns trabalhos artesanais, uns ateliês com telas bacanas, outros de roupas e um trabalho bem interessante de decoupage com imagens de histórias em quadrinhos – adoro – mas foi só. Logo a fome bateu e aí não teve jeito. Criança com fome é um perigo! Criança e o pai também com fome, então! Pode ter certeza que você será voto vencido sem chance de negociar.

No meio do caminho

Mas confesso que não tive do que reclamar pois fomos almoçar no Jasmim Manga, um lugar que eu adoro. Misto de café e restaurante, tem um ambiente super charmoso com mesas espalhadas num espaço que parece um jardim de inverno. A comida é uma delícia e para finalizar tem um brownie dos sonhos! Vale qualquer subida à Santa!

Feijoada do Jasmim

Pecado da Gula

De qualquer forma estranhei um pouco a falta de esponteneidade do evento. Me pareceu tudo organizado demais, não vi coisas rolando na rua, música ao ar livre, gente se apresentando a qualquer momento e em qualquer lugar. Pode ter sido impressão ou é assim que as pessoas gostam mesmo. Eu não me encantei. Prefiro guardar na memória o primeiro Portas Abertas que visitei. De sábado fico com o mágico passeio de volta ao passado no bondinho e a gosto de quero mais do almoço no Jasmim.

——————————————————————————————————————————-

Estação de Bondes – ao lado do Aqueduto da Carioca, na Rua Lélio Gama (próximo à sede da Petrobrás)

Jasmim Manga – Rua Paschoal Carlos Magno, 143 – Largo do Guimarães – Santa Teresa – RJ – Telefone: (21) 22422605

Roteirinhos de fim de semana – de 10 a 12 de setembro

SEXTA

– 7º Bloomin’ Day – Nesta sexta, acontece o 7º Bloomin’ Day: toda a renda arrecadada nas lojas da rede com a venda da cebola gigante, a Bloomin´Onion, será destinada para instituições ligadas à saúde infantil. No Rio, o projeto Pro Criança Cardíaca, será o beneficiado.

SÁBADO

– Arte de Portas Abertas – Último fim de semana do evento que abre as portas dos ateliês dos artistas do bairro em Santa Teresa para o público conhecer e curtir um pouco mais da produção e gastronomia do local. É uma delícia andar pelas ruas do bairro fervilhando de gente. Boa oportunidade também para fazer um passeio no famoso bondinho!

Santa Teresa – Rio de Janeiro
11 e 12 de setembro. De 10 às 18h.

Chave Mestra– Associação dos Artistas Visuais de Santa Teresa
Tel. (21) 2507-5352

– Sebinho nas Canelas verde – Comemorando o Dia da Amazônia (dia 5) e a chegada da Primavera (dia 22), as Amigas da Pracinha promovem o evento de troca-troca de livros que acontece no sábado das 10h às 13h na Praça Pio XI, no Jardim Botânico, e conta com várias atividades para a criançada: oficina de horta caseira com o grupo Moleque Mateiro, dicas de alimentação saudável e gastronomia da Amazônia com o Ateliê de Idéias, lançamento do livro Rei Oiac, de Maria Luiza Magalhães e Helo Magalhães, além da contação de história do livro por Vanessa Lobo com atividade plástica logo depois. Um evento super legal, com entrada franca e que não vai deixar a garotada parada! É só torcer para o tempo colaborar pois com chuva não tem evento.

Praça Pio XI – Jd Botânico – RJ – das 10 às 13h

MAST 25 anos: popularizando a ciência! – Comemorando seus 25 anos, o MAST (Museu de Astronomia e Ciências Afins) promove neste sábado e domingo em seu campus, o evento com diversas atividades como oficinas, mostras, teatro, entre outras. Haverá, também, participação de diversas instituições científicas como o Museu da Vida (FIOCRUZ) e a Casa da Ciência (UFRJ). Com entrada é gratuita, rola das 11h às 19h30

MAST
Rua General Bruce, 586 – São Cristóvão – RJ
Tel: (21) 2580-1383

– Top Kids Bazar – A feira acontece das 10h às 19h no Hotel Windsor na Barra. Papais e mamães, se esbaldam nas compras enquanto a garotada se diverte com as atividades infantis: desfiles de modas, distribuição de brindes, sorteios, recreação, animação, oficinas de reciclagem, orientação odontológica, contação de histórias e apresentação de aikidô. A entrada é franca mas você pode contribuir levando um quilo de alimento não perecível para a Casa Ronald e material de desenho e pintura para a FUNJOR.

Top Kids Bazar
Avenida Lúcio Costa, 2630

– Vida de Criança – Abertura da exposição da ilustradora Eve Ferretti na Bisbilhoteca em Curitiba. A idéia da exposição é homenagear a criança seja ela de qualquer lugar ou de qualquer idade. Vai rolar o lançamento do primeiro livreto de postais da Bisbi com ilustras da Eve e contação de história para os pequenos. O evento acontece das 13h às 18h. Achamos a idéia super bacana e ficamos na torcida para que a mostra aconteça em outros Estados também!

Bisbilhoteca Cultura Infanto Juvenil
Rua Carlos de Carvalho1166, lj A – Bigorrilho – Curitiba – PR
Tel: (41) 3223-3038

A árvore que anda, que ri e que chora – O grupo Teatro e Companhia conta a história de uma árvore para um menino que, pela primeira vez, vai a um parque florestal. Rola no IMS às 17h com entrada gratuita e senhas distribuídas meia hora antes. Para os pequenos acima de 3 anos.

Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro-RJ
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Tel.: 21 3284-7400

– Rapunzel – A clássica história infantil estréia no sábado às 16h no Teatro Municipal de Niterói e fica em cartaz até 26 deste mês. A peça é uma adaptação do texto original dos irmão Grimm trazendo para os dias atuais a história da menina de longas tranças e seu príncipe. O espetáculo tem duração de 50 min. E classificação livre.

Teatro Municipal de Niterói
Rua XV de Novembro, 35 – Centro – Niterói – RJ
Tel: (21) 2620-1624�
Horário: 16 horas.
Ingressos: R$20 (meia-entrada para crianças, estudantes e maiores de 65 anos)

DOMINGO

– 34ª Regata a Remo Escola Naval – Acontece no domingo à partir das 8h na Lagoa Rodrigo de Freitas, a 34ª Regata a Remo Escola Naval, considerada a maior competição da modalidade no Rio de Janeiro. Serão 17 provas com a presença de representantes das marinhas dos Estados Unidos, Chile e Uruguai e de clubes como o Vasco, Botafogo, Flamengo e Guanabara, entre outros. Além disso, vão rolar também exposições dos Mergulhadores de Combate e dos Comandos Anfíbios, além de recreação infantil.

Estádio de Remo da Lagoa�
Avenida Borges de Medeiros 1524

Domingo é Dia de Teatro a R$ 1 – Neste domingo rola o projeto nos teatros do municipais do Rio. São várias peças com desconto, inclusive opções para a garotada como no Teatro municipal Maria Clara Machado com a peça Aninha contra o feiticeiro de Lixoxx e Teatro municipal do Jockey com Devolução industrial. Aproveite!

A árvore que anda, que ri e que chora – O grupo Teatro & Companhia apresenta a história de uma árvore que vive num parque e denuncia os erros humanos, como a falta da preservação da natureza. Ao final, cada criança recebe uma árvore de papel para colorir e colar os frutos que desejar. E ainda ganham um potinho com sementinha para plantar. Acontece às 16h na Hora da Criança Saraiva MegaStore do Botafogo Praia Shopping. Grátis

Saraiva MegaStore – Botafogo Praia Shopping
Praia de Botafogo, 400 – 4º piso
Tel: 2237-9100

Descobrindo Minas Gerais

Esse ano decidi tirar férias em julho junto com as férias escolares. Mas quando chegou perto, veio a grande dúvida : para onde ir em Julho?

Conversando em família recebi a seguinte missão : montar um roteiro de 2 semanas por Minas Gerais.

Por que Minas Gerais?

Abaixo listarei os principais motivos :

1) A pequena (de 5 anos) queria conhecer a cidade de uma das melhores amiguinhas do colégio – Belo Horizonte.

2) A pequena queria conhecer a cidade em que o pai passava alguns dias viajando à trabalho – Belo Horizonte.

3) Eu confesso que sempre tive curiosidade de conhecer Belo Horizonte por ter conhecido tantas pessoas incríveis dessa cidade ao longo da vida.

4) O pai queria voltar à Tiradentes. Fomos pela primeira vez no ano passado e adoramos!

5) Nós queríamos voltar à Ouro Preto onde fomos pela primeira vez em excursão de colégio.

6) Eu queria alguns dias sem relógio, sem corre-corre, sem engarrafamento e barulho de carro. Daí veio a idéia do hotel fazenda.

Misturando todas essas premissas cheguei ao seguinte roteiro : passaríamos 4 dias em cada lugar, começando por Belo Horizonte, indo para Ouro Preto, depois para o Hotel Fazenda e finalizando com Tiradentes.

Para animar ainda mais, a amiga da pequena e sua mãe decidiram ir conosco e passar os 4 primeiros dias em BH. Guias turísticos locais… um luxo! Isso não acontece todo dia 🙂

Nesse post vou passar uma visão bem resumida do nosso roteiro listando as principais atividades por dia e algumas referências. Como nos outros roteiros, aos poucos vou escrever em detalhes cada parte, e alguns locais como o Museu do Brinquedo merecerão um post à parte!

Belo Horizonte (sábado à 3a feira)

Circuito Cultural – Praça da Liberdade – Museu das Minas e Metais e Museu do Conhecimento (visita ao Planetário)

Casa Bonomi – segundo a Veja “uma padaria super especial”

Feira de Artesanato da Afonso Pena (somente aos Domingos, de 7h às 14h)

Almoço no Xapori, Pampulha

Mercado Central – Av. Augusto de Lima, 744 · Centro (7h às 18h)

Museu do Brinquedo – 2a à sabado de 10 às 17h – Av Afonso Pena 2564
(Tão especial que merece um post exclusivo!)

Praça do Papa e Rua do Amendoim – pontos clássicos da cidade 🙂

Pontos recomendados que ficaram de fora por falta de tempo : Inhotim, Gruta da Lapinha, Zoo, Parque das Mangabeiras.

Ouro Preto (3a à sábado)

Hotel Solar do Rosário

Chocolates Ouro Preto

Observatório e Museu de Mineralogia

Minas da Passagem

Trem da Vale (Maria Fumaça Mariana – Ouro Preto): sexta a domingo e feriados
Saída de Ouro Preto: 11 e 16 h
Saída de Mariana: 09 e 14 h

Feira de Artesanato em Pedra Sabão

Restaurantes especiais : Solar do Rosário e Bené da Flauta

Hotel Fazenda (sábado à 4a feira) – Hotel Fazenda Estalagem Fazenda Lazer
Festa Julina, muita brincadeira e natureza, monitores excepcionais, chalé na árvore 😉

Tiradentes (4a à domingo)

Pousada Tres Portas – teatro de Marionetes (sábados às 17h)

Passeio de Maria Fumaça até São João Del Rei (sextas, sábados e domingos)

Passeio noturno na Jardineira Formosa com histórias incríveis com Luiz Fernando (luizfernando.neves@hotmail.com)

Passeio à Bichinho para conhecer o artesanato local, Museu do Automóvel e almoço na região (Leitão à Pururuca por encomenda no restaurante Pau de Angu)

Música e Panorama no Alto de São Francisco (sábados às 17h)

Espetáculo de Luz e Som na Matriz de Santo Antônio (sextas e domingos às 20h , sábado às 20:30 h)

Concerto Barroco na Matriz de Santo Antônio (sextas às 20:30 h)

Chico Doceiro – dispensa referências, pergunte na praça onde encontrar o melhor doce de leite na região e indicarão rapidamente como chegar à sua lojinha.

Restaurantes especais : Atrás da Matriz, Restaurante do Celso (comida caseira), Estalagem do Sabor

Espero ter passado uma idéia geral da viagem. O roteiro ficou super variado e foi aprovadíssimo pela família. Todos voltaram com a sensação de que as duas semanas tinham durado muito mais. Saímos da rotina, brincamos muito, tivemos um banho de aulas de história do Brasil, possibilitamos um contato fortíssimo da pequena com o artesanato utilizando diversos materias (o que despertou uma admiração e uma curiosidade incrível nela!), comemos muito bem e conhecemos pessoas incríveis ao longo dessa viagem.

Voltarei nas próximas semanas detalhando cada etapa desse roteiro.

Coleta seletiva na prática

É impressionante como aquela máxima que diz que muitas vezes a gente não enxerga as coisa que estão bem embaixo do nosso nariz é tão verdadeira. Pois aconteceu exatamente isso comigo esses dias.

Voltando pelo caminho de quase todo dia – às vezes passo por ali mais de uma vez por dia, confesso – parei no sinal e me vi observando uma pessoa saindo de um carro estacionado onde eu achava ser lugar proibido. Nada fora do comum, infelizmente, mas achei que a pessoa era conhecida, alguém que teria estudado no mesmo colégio que eu. Viajando na memória, tentando buscar lembranças que confirmassem a minha idéia, vi que ela abriu o porta-malas e começou a tirar um monte de sacolas com o que parecia ser “lixo”! Sabe quando as coisas não batem: carro estacionado em local proibido, sacolas de lixo sendo levadas para um lugar onde eu achava que era apenas uma estação de tratamento de esgoto… E de repente vi uma placa que nunca tinha reparado mesmo passando e parando ali quase todo dia: o local é um posto de coleta de reciclados da empresa de energia de Niterói, a AMPLA!

As surpesas foram várias. Uma por ser um local de coleta tão perto da minha casa e eu não saber. Outra por ver que tem gente que separa mesmo o lixo reciclável – sabe como é, todo mundo apóia mas na hora de fazer… E a terceira porque eu também não sabia do programa de desconto na conta de luz para quem entrega seus reciclados. Será que só eu que não sei disso, sou tão desligada assim, ou o projeto é mal divulgado mesmo?

Ampla - posto de coleta

Pelo jeito, o desconto não está mais valendo pois a data no regulamento da promoção que eles disponibilizam no site, é até dezembro de 2009. É necessário se cadastrar e ao fazer a troca, os resíduos são pesados e o consumidor recebe um comprovante com a relação de materiais trocados, a pesagem e o bônus em energia elétrica correspondente. Mesmo que o desconto não role mais, ter um posto de coleta perto de casa faz muita diferença!

Sobre esse assunto, já tinha me chamado a atenção o projeto E-lixo Maps, parceria entre a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo e o Instituto Sergio Motta, que se baseia no Google Maps para indicar o posto de coleta de eletrônicos (outro problemão!) mais próximo do internauta. Iniciativa bacana do Governo do Estado. Pena que é só em São Paulo. Seria bom se tivesse em todo Brasil.

E-Lixo

E como nada nessa vida acontece por acaso, ontem conheci o site Rota da Reciclagem, uma ação da Tetra Pak para esclarecer, divulgar e incentivar a reciclagem mostrando que todo mundo pode participar, separando e entregando embalagens longa vida. Para isso, também tem um mecanismo de busca que acha o ponto de coleta mais próximo do endereço que você deseja, entre cooperativas de catadores, empresas comerciais que compram materiais recicláveis e os pontos de entrega voluntária (PEV) que recebem embalagens da Tetra Pak além de outros recicláveis.

Rota da Reciclagem - Busca

Claro que coloquei logo o endereço da minha casa e – BINGO! – o local indicado foi o tal posto de coleta da AMPLA a que me referi no começo.

Posto de reciclagem

Pra completar as dicas e o incentivo pra entrar na onda da coleta seletiva, há um bom tempo atrás o pessoal do Entre Filhos e Livros postou sobre uma lixeira recém adquirida – na época – e que achei ótima para organizar o lixo sem ocupar muito espaço. Não dá pra ficar com milhões de sacolas dentro de casa, né? E não é que hoje achei o link do post! Pra provar que faz um tempo que namoro a idéia, tem lá meu comentário. 😉

Lixeira para coleta seletiva

São várias iniciativas bacanas e boas idéias pra gente deixar a preguiça de lado e fazer nossa parte. E como a gente sempre diz, nada melhor do que darmos o exemplo aos pequenos dentro de casa. O meu, outro dia, veio me chamar pra brincar de reciclar. Foi pegando várias coisas entre os brinquedos e separando, dizendo que ia juntar para construir outras coisas depois. Pegamos um saquinho e fomos colocando tudo lá dentro. Agora ele já tem o “saquinho reciclados” e sempre que encontra uma tampinha, potinho de iogurte, ou outra coisa, coloca lá. Quando sobra um tempinho, criamos brinquedos e o que mais der na telha. Brincando, aprendendo e contribuindo para um mundo melhor!

———————————————————-
Que tal descobrir logo o posto de coleta mais perto de você?
Nós já te damos uma mãozinha!

Chá de Bonecas com massinha

Como no post anterior, domingo de feriado prolongado, amiguinhas viajando e a frente fria chegou. Todas as programações foram por água abaixo!

Mas nada como um friozinho para ficar em casa e descobrir como é gostoso brincar.

Como o assunto chá de bonecas não sai da minha cabeça desde que decidi que o aniversário de 6 anos da pequena esse ano seria um chá de bonecas, adivinha o que inventamos hoje?

Chá de bonecas com comidinhas que tomamos a liberdade de batizar de cupcakes feitos em massinha (uma das nossas brincadeiras preferidas!). Desculpem as especialistas no assunto, mas usamos a criatividade e as forminhas que tínhamos por aqui :-). Continue lendo