«

»

set 12

EDIÇÃO INTERNACIONAL – CHILE COM CRIANÇAS

A convite do blog, a amiga e agora blogueira Cinthia Marino, escreveu para nós algumas dicas de passeios no Chile para a garotada. Vale conferir!

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

 

Chile, definitivamente, não estava na minha lista de lugares para visitar, mas, por obra do destino, eu, meu marido e nossa Sofia de 5 anos viemos morar em Viña del Mar este ano e estamos descobrindo lugares incríveis!

O país tem uma grande diversidade de programas para crianças e pais curtirem juntos, bem ao estilo 1001 Roteirinhos: uma aventura no Deserto do Atacama, esportes na neve, atividades interativas em museus e fazendinhas. As paisagens variam muito: praias lindas, neve, deserto árido, montanhas e campos verdes que parecem não ter fim… Tudo a poucas horas de vôo de São Paulo e Rio.

Vou tentar dar um rápido panorama do que fizemos até agora, com base nos programas favoritos da Sofia.

A neve exerce um fascínio particular sobre nós brasileiros e foi o passeio que minha pequena mais gostou até agora. Passamos um dia em Farellones  (uma boa subida, a uns 40 minutos de Santiago), a estação mais ‘passeio’, menor e, pelo que me informei, mais adequada para crianças que querem BRINCAR!  Guerra de neve, bonecos e um trenozinho foram suficientes para fazer a alegria e tornar o dia muito especial.  A estação de neve vai normalmente de julho a setembro, sendo que, a partir do meio de agosto, é baixa temporada e os preços caem bastante.

 

 

Neve

 

Bola de neve 

 

Seguindo o ‘ranking’ da Sofia, o Museo Interactivo Mirador, em Santiago, foi outra atração que deixou gosto de ‘quero mais’. É programa para o dia inteiro, com diversão para todos. É o museu mais visitado do Chile, com uma fórmula que já aparece em vários lugares do mundo: aprender mexendo em tudo! Conta com diversão para crianças de todas as idades, mas o primeiro andar, mais ligado à arte, música e mecanismos físicos (bolhas de sabão gigantes, por exemplo) foi o que mais agradou a pequena. O segundo andar me pareceu mais adequado a crianças mais velhas, tratando de temas como o sistema solar, cérebro e energia – ela não gostou, voltou para repetir tuuudo no primeiro…

 

Museu

 

Museu

 

E, para ficar nos ‘top 3’, o Campo Educativo Con-Con, que fica a uma meia hora daqui de Viña del Mar. É um esquema de fazendinha em que as crianças alimentam animais, ordenham vaca, andam de pônei, escovam o burrinho, fazem pão, colhem flores e frutas, plantam…ufa!  Muuuito legal e bem educativo como o nome propõe: a dona do local é a guia do pequeno grupo e explica tudo para as crianças: elas seguram, por exemplo, ovos de codorna a avestruz, conhecem os diferentes tipos de abelhas e seus papéis na colméia com um quebra-cabeças coletivo. Tudo simples e sensacional! Dura umas 3 horas e funciona de 4ª a sábado, com um passeio às 11h e outro às 16h.  

Espantalho

 

Fazenda

 

Leite

Aqui, vale um comparativo: em julho, Sofia e eu estivemos na Fazendinha, em São Paulo (no Rio, em Vargem Grande). Também incrível, com contato com bichos, atividades, mas é uma proposta diferente, mais entretenimento, tanto que há muitos monitores realizando inúmeras brincadeiras. Acaba sendo mais cansativo porque você corre para cima e para baixo atrás da criançada – prepare-se!  Apesar de ficar bem afastada no Rio (eu mesma, várias vezes, ensaiei ir e desisti), vale muito a pena. Programa para o dia inteiro, daqueles que os pequenos voltam sujos de terra (delícia!) e desmaiados!

Um ponto que me chama a atenção é o preço das atrações no Chile, muito mais barato do que estamos acostumados no Brasil: o ingresso do museu, por exemplo, sai por aproximadamente R$ 10, mesmo valor da fazendinha, que, em São Paulo, paguei R$ 100… ok, é uma proposta diferente, com almoço, mesmo assim, é uma enorme diferença!

Para finalizar, Santiago apareceu recentemente como a 3ª cidade mais barata da América do Sul (estudo do banco suíço UBS), simplesmente 33 posições à frente do Rio no ranking mundial! Dá para programar uma viagem rápida e legal sem sustos porque o Chile ainda tem muito mais: Viña del Mar, Valparaíso, Deserto do Atacama, Isla de Páscua…aos poucos, vou descobrindo e conto mais.

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Visite o blog Chile para Crianças e confira as dicas da Cinthia e sua filhota! Eu já virei fã!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários

  1. Ana Paula

    Olá! Estive no Chile em julho com meus dois filhos (um de 5 anos e outro de 1 aninho). Fiquei muito bem impressionada com a acessibilidade dos lugares – passear com carrinho de bebê por lá é muito fácil, em todos os lugares há rampas e facilidades para quem empurra um carrinho! Além disso, quero destacar outro passeio imperdível para a garotada em Santiago: o Cerro San Cristóbal, que é um parque localizado no bairro da Providência (bem central, perto de tudo). É lindíssimo, muito bem cuidado, cheio de recantos e parques interessantes para descobrir… Como o Cerro é um “morro”, as crianças adoram a subida de ‘funicular’ (um tipo de bonde), que na primeira parada tem um zoológico bem legal. E, lá do alto, uma vista liiiinda de Santiago e da Cordilheira dos Andes. Vale à pena reservar um dia inteiro para explorar tudo com calma!

    1. admin

      Olá Ana Paula, que delícia de passeio! Deu uma vontade enorme de conhecer! Vc tem esse passeio registrado em algum blog? Fiquei super curiosa.
      Obrigada pela visita e pela dica!

      Abraços, Eliane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Get Adobe Flash player