Programação do Museu da Vida na 14ª Semana Nacional de Museus

14ª Semana Nacional de Museus começa hoje. De16 a 22 de maio 1.236 museus de todo o país vão oferecer uma programação especial incluindo visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes, entre outras atividades. Este ano o tema é Museus e Paisagens Culturais e o nosso querido Museu da Vida não poderia ficar de fora.

A abertura acontece hoje, 16 de maio, às 14 horas, com a Mesa de debates: Museus e paisagens culturais.

 

Museu da Vida

FOTO: Divulgação

 

 

 

Confira a programação completa:

 

Mesa de Abertura: Museus e paisagens culturais

Dia: 16/05

Horário: 14h às 16h

Local: Auditório do Museu da Vida

Palestrante: Prof. Dr. Bruno Brulon – Departamento de Museologia da Unirio.
Tema: “O Museu Predador: Culturas Coletadas e Paisagens Compartilhadas”

Palestrante: Marcela Sanches (doutoranda da Faculdade de Museologia da UniRio)
Tema: “Entrelaçando Fios Antigos e Novos entre o Museu da Vida e seu território

Palestrante: Alessandro Batista (coordenador do Serviço de Visitação e Atendimento ao Público – SVAP – do Museu da Vida)
Tema: “Relação do Museu da Vida com a vida cultural de Manguinhos e Maré”

Participação: poetas de Manguinhos (Celeste e Bira).

 

 

Exposição Sharingrafia de Maria Buzanovsky

Data: 16 a 21/5

Local: Centro de Recepção

Os dançarinos do ‘Passinho’ são as estrelas da exposição ‘Sharingrafia’, a primeira mostra dedicada exclusivamente ao maior movimento jovem das favelas. São camisetas com 15 imagens da fotógrafa Maria Buzanovsky, que já expôs em Lyon (França) e no Museu de Arte do Rio (Mar). Cinco fotos amadoras fazem parte da exposição.

Exposição Manguinhos Território em Transe

Data: 21/5

Local: Centro de Recepção

O projeto Manguinhos Território em Transe teve início em 2011 com a elaboração de uma pesquisa histórica sobre a favela de Manguinhos, abordando suas relações com a história da cidade do Rio de Janeiro. Contou, para isso, com a participação decisiva de moradores locais por meio da história oral. A pesquisa resultou na exposição itinerante “Manguinhos Território em Transe”, que circula por diferentes espaços da própria favela, e externos, como, por exemplo, escolas, universidades, aparelhos públicos, igrejas e movimentos sociais, entre outros.

Data: 18 e 19/5

Local: UniRio

Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCH) – Espaço Cultural

Endereço: Av. Pasteur, nº 458, na Urca.

 

 

Exposição “Isso é o Fim do Mundo!”

Data: 16 a 21/05

Local: Salão de exposições temporárias

Classificação etária: a partir de 10 anos

O objetivo é estimular o visitante a conhecer, refletir e questionar a diversidade de opiniões sobre o tema da mostra. Para isso, são utilizados diversos recursos, incluindo livros sagrados (a Bíblia e o Alcorão), a músicas, efeitos de iluminação e peças museológicas.

 

 

Mesa Redonda: Paisagens Naturais e Culturais do Brasil (com entrega de declaração ao participante)

Data: 19/5

Horário: 9h30 às 12h

Local: auditório do Museu da Vida

Inscrições até dia 7 de maio pelo e-mail: seducs.mv@gmail.com

Vagas oferecidas: 80

Participantes: Dra. Luciana Alvarenga (Museu da Vida/FIOCRUZ), Dra. Samira Lima da Costa (UFRJ) e Anápuáka Muniz Tupinambá (diretor da rádio Yandê – primeira rádio indígena do Brasil). Narrativas produzidas a partir da diversidade de paisagens naturais e culturais do Brasil, para ajudar na interpretação visual e em torno da sociodiversidade relacionada aos biomas brasileiros, com as múltiplas possibilidades de se trabalhar a temática nas escolas e ecomuseus.

 

 

Apresentação dos Imperadores da Dança

Como parte integrante da cultura carioca, o funk será representado por um dos grupos pioneiros da dança do ‘passinho’, com a participação de dançarinos como MC Isaque, William Severo e seus convidados.

Data: 21/5

Horário: a partir das 13h

Local: Anfiteatro do Centro de Recepção

 

 

Visita ao prédio histórico da Cavalariça

Data: 20/5

Dois horários: às 10h30 e às 13h30

Local: Cavalariça (campus da Fiocruz em Manguinhos)

Classificação etária: a partir de 10 anos

O passeio é uma incrível oportunidade para você conhecer a história do edifício centenário da Fundação, bem como aspectos arquitetônicos e a restauração coordenada recentemente pelo Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) da Casa de Oswaldo Cruz.

 

 

Era uma vez uma floresta em frente ao mar?

Data: 18/5

Faixa etária: adaptada a qualquer idade

Local: Varanda do Castelo da Fiocruz

Conheça – em breve história – a ocupação do campus e da modificação de sua paisagem cultural e natural.

 

 

Caminhada Histórica

Data: 19 e 20/5

Horário: às 9h e às 15h

Classificação etária: a partir de 10 anos

Venha conhecer histórias sobre a Fiocruz, seus cientistas e o patrimônio histórico-cultural de uma das maiores instituições de saúde da América Latina.

 

 

Apresentação Teto Verde

Data: 19/5

Horário: às 10h30 e às 13h30

Local: sala de vídeo do Museu da Vida

O público confere a apresentação de curta-metragem, seguida de bate-papo com o articulador cultural Luiz Cassiano sobre projetos ambientais em territórios favelizados.

Apresentação teatral: Manguinhos em Cena

Peça “Sintonia Suburbana”

Data: 21/5

Horário: 11h

Local: Tenda da Ciência

A peça “Sintonia Suburbana” é uma comédia melodramática que se baseia em histórias do cotidiano de moradores. O espetáculo é o nome de uma rádio que apresenta programas como casos bizarros da vida normal ou casos normais da vida bizarra, e contos picados do dia a dia. Tudo isso com muito humor e inteligência, temperos que favorecem a reflexão e o entretenimento.

 

 

Bloco Carnavalesco “Inseto Brabo” 

Data: 21/5

Horário: 12h

Local: Tenda da Ciência

Trata-se de iniciativa de músicos, compositores e moradores da favela do Jacarezinho no Rio de Janeiro.

 

 

Contadores de Histórias

Tema: Museus e Paisagens Culturais (dirigido ao público infantil).

Data: 21/5

Horário: 11h

Local: Epidauro

 

 

17º Aniversário do Museu da Vida

Girotec (para participar da atividade, exige-me altura mínima de 1,60m).

Data: 20 e 21/5

Horário: das 10h às 16h

Local: Parque da Ciência

O girotec é um incrível equipamento que simula a antigravidade, permite brincar e experimentar a sensação de flutuar sem peso no espaço. A experiência é realizada – de modo radical – por astronautas em treinamento na Agência Espacial Norte-americana, a Nasa.

 

 

Planetário Digital do Ciência Móvel

Data: 21/5

Horários: às 13h30, 14h15 e às 15h

Classificação etária: Livre

Local: Tenda da Ciência

O planetário é a mais nova sensação do Ciência Móvel, museu itinerante da Fiocruz. São dois roteiros: “Convivendo com uma estrela” e “As estrelas esquisitas de Júpiter). No primeiro, a narrativa parte de duas incríveis jornadas no espaço e no tempo, possibilitando a observação e a comparação das marcas celestes que definem as estações do ano na cidade do Rio de Janeiro e, também, no Polo Sul. A proposta é que se possa observar e descobrir os segredos das estações do ano, além de conhecer algumas constelações que marcam as estações. Já as estrelas esquisitas de Júpiter narram a incrível viagem a Pádua (Itália), nas noites de janeiro do ano de 1610. A partir dela, em pleno século 17, é possível observar e compartilhar o céu com Galileu Galilei, um dos maiores cientistas do mundo, e descobrir novas estrelas perto de Júpiter.

 

 

Peça “O rapaz da rabeca e a moça Rebeca”

Data: 20/5

Horário: 12h

Classificação: 14 anos

Local: Tenda da Ciência

Com uma linguagem popular e divertida, a peça aborda o tema do HIV/Aids. Ainda tabu em escolas e em muitas famílias, gera dúvida e preconceito em relação à doença.

 

 

 

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

De 16 a 21 de maio de 2016
Museu da Vida
Avenida Brasil, nº 4365, em Manguinhos (Zona Norte do Rio).
Horário: 9h às 16h30, de terça a sexta-feira | sábado, das 10 às 16 horas
Entrada gratuita

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 *** Não deixe de checar datas e horários com os realizadores dos eventos. O 1001roteirinhos não se responsabiliza por mudanças na programação, valores de ingressos, alterações no trânsito, engarrafamentos e coisas afins.

 

 

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Siga o 1001roteirinhos nas redes sociais

Instagram – instagram.com/1001roteirinhos

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentário

  1. Muito legal visitar a Fiocruz! As células, o corpo humano, as histórias de seus cientistas, vale a pena visitar a instituição.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Get Adobe Flash player